ACIGABC

Destaque

CONSTRUINDO O GRANDE ABC 2017 REVELA PERSPECTIVAS POSITIVAS PARA O SETOR IMOBILIÁRIO


01.11.2017



Com o tema “Novos Desafios do Mercado Imobiliário do Grande ABC”, especialistas confirmaram no congresso expectativa de retomada do mercado imobiliário

Percepção otimista foi apresentada nesta quarta-feira (25/10) durante o congresso “Construindo o Grande ABC 2017”, promovido pela ACIGABC (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), em São Bernardo. O evento reuniu autoridades, especialistas e os principais players.

Para o presidente da ACIGABC, Marcus Santaguita, os números do setor e da economia mostram que o mercado está melhorando gradativamente.

“Passamos três anos muito difíceis em termos de vendas e negócios. Porém, agora estamos saindo da crise. A tendência é de que, com indicadores mais positivos em relação aos juros, PIB e inflação, exista uma retomada das aplicações em poupança e o setor imobiliário possa se recuperar de maneira relevante até a metade de 2018”, afirmou.

O estoque de imóveis, por exemplo, reduziu 25% no primeiro semestre deste ano, em comparação com 2016. Em junho deste ano, eram 3 mil unidades em estoque contra 4 mil registradas em dezembro do ano passado, segundo dados da ACIGABC.

Outros dados importantes do congresso foram destacados pela gerente de inteligência de mercado do portal Viva Real e do Instituto Geoimóvel, Aline Borbalan. Embora estudos apontem queda de 37% nos lançamentos nacionais até setembro de 2017, o Grande ABC apresenta um crescimento de 25% em valor de vendas (VGV) nos primeiros nove meses do ano, segundo estudos da Geoimóvel.

“Temos expectativa positiva de recuperação do setor. Nos últimos meses tivemos aumento relevante do índice de confiança dos consumidores e, portanto, a demanda com potencial de compra – que havia sido reprimida por causa da situação econômica e política do País – em breve será retomada”, vislumbra a especialista.

Segundo Aline Borbalan, hoje os municípios que mais apresentam lançamentos são São Bernardo do Campo (34%), Santo André (30%) e São Caetano do Sul (23%). “Os imóveis mais procurados são aqueles de dois dormitórios, de 40 m² a 70 m², com valor de cerca de R$ 350 mil”, diz.

E o mercado está pronto para receber os novos compradores, já que hoje existem 3.000 unidades estocadas no Grande ABC, segundo a ACIGABC, e cerca de 2.000 lançamentos efetuados nos primeiros nove meses do ano, de acordo com a Geoimóvel. Também há a previsão de outros 45 novos empreendimentos na região.

Representantes de bancos como Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal confirmaram a perspectiva de queda nos juros para créditos imobiliários à medida que a taxa Selic também reduzir.

SOLENIDADE

A solenidade oficial de abertura do congresso “Construindo o Grande ABC 2017”, na sede do Camp SBC, contou com a presença do presidente da ACIGABC, Marcus Santaguita; do vice-presidente do Secovi Interior, Frederico Marcondes; e do presidente do conselho deliberativo da ACIGABC, Milton Bigucci.

Também participou da cerimônia o prefeito da cidade anfitriã, Orlando Morando. “Estou convicto de que o pior já passou. Estamos alinhados para continuar a realizar o desenvolvimento imobiliário da região”, afirmou o chefe do Executivo.

SÉRIE DE PALESTRAS

Depois da abertura, o ciclo de debates foi iniciado pela gerente de inteligência de mercado do portal Viva Real e do Instituto Geoimóvel, Aline Borbalan, que apresentou os novos dados de intenção de compra de imóveis na região.

Na sequência, Marlise Fanganiello Damia, especialista em direito do trabalho,  falou sobre os aspectos práticos da reforma trabalhista para o setor imobiliário.

A segunda parte do congresso trouxe o painel “O Futuro das cidades do Grande ABC: como as cidades da região estão preparando o desenvolvimento?” e contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico e Geração de Empregos de Santo André, Ailton Lima; o secretário de Habitação de Santo André, Fernando Marangoni; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de São Bernardo do Campo, Hiroyuki Minami; o secretário de Desenvolvimento Econômico de São Caetano do Sul, Silvio Minciotti; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Diadema, Laercio Soares; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mauá, Ciomar Okabayashi; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Pires, Marcelo Menato e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico de Rio Grande da Serra, Gilvan Mendonça.

A diretora da One4 – Soluções em Real Estate e especialista em mercado imobiliário, Alexandra de Lima Monteiro, deu continuidade ao ciclo de palestras e dissertou sobre o marketing imobiliário do produto ao pós-venda.

Marcelo Dadian, diretor da SuaHouse, encerrou o ciclo de debates com o painel “Corretores e imobiliárias: como a inovação e a gestão de leads pode acelerar a venda de imóveis”.

Ao final da apresentação, a ACIGABC premiou os melhores trabalhos de conclusão de curso da Fundação Santo André.

O evento foi uma realização da ACIGABC (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC) e contou com o Co-patrocínio da Pretty Jet, apoio da One4 – Soluções em Real Estate, Sua House, Viva Real e do Camp SBC, apoio de mídia do ABC Imóvel, Grupo Pini, Reporter Diário, Revista Merc News e do Portal VGV, apoio institucional do Secovi-SP, FIABCI Brasil, Sincomavi, Sinduscon-SP, ABRAINC, CBIC, ACISBEC, ADIT Brasil, ACISA e ABMI, e a organização da agência Marketing SIM.

Veja algumas fotos do evento: https://goo.gl/G7zJeg

últimos destaques

NEWSLETTER

Receba informações sobre os eventos e iniciativas da ACIGABC em seu e-mail. Cadastre-se abaixo.