ACIGABC

Cidades do grande abc

SÃO BERNARDO DO CAMPO


07.10.2014



Com a área territorial de 408 km², o município de São Bernardo do Campo é considerado em extensão territorial, o maior da região do ABCDMRR. Localizado na região metropolitana de São Paulo. O município faz limite com as cidades de: Diadema, São Paulo, São Caetano do Sul, Santo André, Cubatão e São Vicente, além da proximidade com a capital paulista.

De acordo com os dados do IBGE para 2014, a população estimada sobre o município de São Bernardo era de 805.895 habitantes.

No município, o distrito de Riacho Grande e o bairro de Rudge Ramos, não constituem legalmente distritos, mas desempenham funções polarizadoras em suas respectivas áreas.

O atual prefeito do município é Luiz Marinho. No cargo desde 2009, Marinho tomou posse em 1° de Janeiro de 2009, foi reeleito na eleição municipal de 2012 e
administrará a cidade até o final do ano de 2016.

São Bernardo do Campo

Uma cidade grande. São Bernardo deixou de ser uma cidade da região interiorana de São Paulo há muito tempo. Atualmente disputa espaço com São Paulo e, por muitas vezes, é tida como um bairro da capital paulista na visão de pessoas de fora.

Sua extensão territorial passa dos 408 km² - a maior da região do ABCDMRR. É uma cidade privilegiada por fazer divisa com tantas outras, como Diadema, São Paulo, São Caetano do Sul, Cubatão, São Vicente e Santo André, sendo que, com esta última é tão integrada que é possível se confundir em onde começa uma e termina a outra.

Crescimento expressivo
Sua população cresce de forma intensa e hoje é estimada em 805.895, segundo dados do IBGE para 2014. Grande parte desta população tem conquistado vagas de trabalho dentro do próprio município, devido ao crescimento do comércio e dos espaços para empresas da região. E quem trabalha em São Paulo ou outras cidades, ainda escolhe a cidade para morar.

Segundo uma das fontes, São Bernardo será o próximo polo comercial do estado  de São Paulo. A cidade que os paulistas vão escolher para instalar seus escritórios. Atualmente o mercado imobiliário do município está em processo de adequação de oferta e demanda, como em todos os outros, mas há previsão de lançamentos comerciais, tanto quanto os residenciais.

Este novo polo comercial já vem sendo desenvolvido a partir da sua malha urbana. São inúmeros pontos de São Bernardo do Campo que estão, neste momento, passando por reforma, melhorias, sendo alargadas. É o caso da Avenida Winston Churchill. A Avenida Rudge Ramos perdeu um de seus retornos para quem vem de Santo André e no início de agosto ganhou uma faixa exclusiva de ônibus. Todas essas atitudes visam melhoria no fluxo da cidade, para que seu centro seja mais fluído. Além disto, o projeto Drenar está em execução, desde 2012, para combater um dos problemas de muitas metrópoles: as enchentes. São R$ 600 milhões investidos na drenagem e canalização de córregos na bacia hidrográfica do Ribeirão dos Meninos. Quando terminado, o projeto vai beneficiar 800 mil habitantes, além da compensação ambiental, com a plantação de diversas espécies de árvores.

Educação em destaque
O último apontamento de crescimento é no quesito educação. São Bernardo do Campo recebeu um polo da UFABC – na rua Arcturus. Mas este é apenas um dos polos educacionais da cidade, que carrega uma grande fama pela Universidade Metodista de São Paulo, com cursos das áreas biologias e saúde, gestão e negócios, humanidades, exatas e tecnológicas e comunicação – onde perfilam os principais formados de opinião da região.

Outra famosa faculdade regional é a FASB (Faculdade de São Bernardo do Campo). Originalmente dedicada aos cursos de filosofia, ciências e letras. Hoje conta também com cursos de administração, engenharias de produção e química, estudos sociais, química e pedagogia. E extensões para pós graduação em diversas áreas. Outro destaque regional é a Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo – um ícone na formação de advogados de São Paulo.

Outras instituições de curso superior estão ganhando destaque nos últimos tempos, como UNIBAN e Anhanguera unificadas como Universidade Anhanguera de São Paulo, o Complexo Educacional FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas), Faculdade FaPan, uma unidade da Fatec (Faculdade de Tecnologia), entre outras.

A quantidade de pessoas que residem em São Bernardo garantem seu desenvolvimento. Aliada à carga educacional da cidade, espera-se, em 2015, ainda mais crescimento. Atualmente questiona-se, com os entrevistados, que, além da malha viária, a cidade precisa ainda mais atenção em sua rede de água e esgoto para comportar todo o fluxo de pessoas que vivem ou passam pela cidade diariamente.

É interessante observar que, com a chegada das universidades, das empresas, dos consultórios e dos moradores que trabalham em São Paulo, São Bernardo do Campo se tornou um mercado muito diverso. Hoje são vistos empreendimentos de todos os padrões na cidade. Nada é restrito. Podem ser implantados empreendimentos comerciais para galpões, consultórios, escritórios, da mesma forma que pode ser construídos imóveis residenciais para baixa, média e alta renda.

LINKS ÚTEIS:
Site Oficial da Prefeitura:  www.saobernardo.sp.gov.br/index.asp
Portal da Transparência: www.sf.saobernardo.sp.gov.br/transparencia/
Portal do Servidor: www.saobernardo.sp.gov.br/SECRETARIAS/CRH/portaldoservidor_ativo_inativo.asp
Guia de Serviços: www.portaldeservicos.saobernardo.sp.gov.br/pt/


Créditos:
Foto: Wilson Magão
Foto aérea: Celso Lima

Última atualização: 12/11/2014

NEWSLETTER

Receba informações sobre os eventos e iniciativas da ACIGABC em seu e-mail. Cadastre-se abaixo.