ACIGABC

Destaque

A BATALHA DOS SÍNDICOS


30.11.2010



Há cerca de um mês o Brasil encerrou período de intensa disputa eleitoral. Verdadeira maratona, salutar para a democracia, e que terá impacto direto na vida dos cidadãos durante os próximos quatro anos. Mas não é somente o trabalho dos gestores públicos que exerce influencia em nosso dia a dia. Isso acontece também no ambiente de trabalho, no qual os profissionais alçados aos postos de comando precisam ser bem preparados; e nos condomínios residenciais, onde a presença de um administrador qualificado é imprescindível.
O sindico é o representante legal do condomínio. Isso representa muita responsabilidade. Inúmeras leis, portarias, decretos e normas técnicas atingem os condomínios, nas mais diferentes áreas. Para se ter uma idéia, o “departamento de pessoal” de um prédio demanda mais de 50 procedimentos distintos por mês. Mas não é só: o sindico responde por todos os contratos firmados com fornecedores como empresas de conservação e manutenção de elevadores, bombas, portões, sistemas para raios, limpeza, jardinagem e segurança, entre outras. É responsável, ainda, por elaborar a previsão orçamentária do condomínio, convocar assembléias, assegurar que todas as contas sejam pagas e garantir o recolhimento das cotas mensais.
A lista de obrigações de um condomínio é gigantesca. Só na área fiscal, por exemplo, inclui o recolhimento de PIS, COFINS e CSLL sobre serviços contratados acima de R$ 5.000, apresentar Dirf (Declaração de Imposto de renda retido na fonte) comprovando os pagamentos a fornecedores e reter 11% de INSS sobre o valor bruto das prestações de serviços realizados por terceiros.
Os síndicos devem atentar ainda, para o cumprimento de normas legais como obtenção de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, recarga anual de extintores, e manutenção dos hidrantes e mangueiras, contratação do seguro obrigatório contra incêndio, desinsetização das áreas comuns, limpeza e desinfecção das caixas d’água, entre inúmeras outras providencias.
Quem hoje mora em condomínio, mas nunca exerceu a função de sindico talvez não tenha dimensão do grau de responsabilidade inerente ao cargo. Hoje, Dia do Sindico, é boa oportunidade para que condomínios de todo o Brasil reflitam sobre a importância do trabalho abnegado que realizam milhares de síndicos de todo o Brasil, que, como nossos governantes, são eleitos pelo voto democrático.
 
Antonio Couto.

últimos destaques

NEWSLETTER

Receba informações sobre os eventos e iniciativas da ACIGABC em seu e-mail. Cadastre-se abaixo.