ACIGABC

Notícias

CAIXA VAI RETOMAR FINANCIAMENTO MAIS BARATO EM JULHO

03.07.2017













BRASÍLIA. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, afirmou nesta quinta-feira (29) que “nos próximos dias” a linha de crédito imobiliário com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, a Pró-cotista, será restabelecida. “Nos próximos dias está voltando”, disse Occhi, em entrevista na saída de evento no Palácio do Planalto em comemoração a um ano de vigência da nova Lei das Estatais.

A linha pró-cotista financia a compra de imóveis de até R$ 950 mil nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e de até R$ 800 mil nos outros Estados. É a linha de empréstimo habitacional mais barata depois do Minha Casa Minha Vida. O banco havia informado, na semana passada, sua suspensão, depois de ter interrompido novas contratações.

Segundo Occhi, a previsão é que haja um aporte adicional de cerca de R$ 2 bilhões para a linha. Ele disse que a liberação dos recursos depende apenas de um remanejamento de verba no Ministério das Cidades, e que acredita que em julho o instrumento poderá ser retomado. A “Folha de S. Paulo” apurou que o dinheiro virá de orçamento para obras de saneamento.

Questionado se esses recursos vão servir para garantir a manutenção da linha até o fim do ano, o presidente da Caixa disse que é preciso ver qual a demanda por crédito imobiliário que haverá quando da retomada da pró-cotista.

“O crédito imobiliário cresceu muito agora no primeiro semestre, impressionante. A gente achava que iria manter o patamar do ano passado, mas ele cresceu. É um sinal de recuperação da economia, mais confiança, mais gente comprando também”, avaliou.

Outra fonte. Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança totalizaram R$ 3,56 bilhões em maio, valor 8,6% menor que o registrado no mesmo mês do ano passado, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Em relação a abril, houve crescimento de 13,8%.

Crédito rural terá R$ 10 bilhões


SÃO PAULO. A Caixa Econômica Federal anunciou, em nota, que ofertará mais de R$ 10 bilhões em crédito rural para o ano-safra 2017/18, que começa neste sábado (1). O crédito será oferecido por meio de linhas com recursos obrigatórios, livres e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“A maior parte será direcionada para o custeio da produção”, disse o banco, acrescentando que as propostas poderão ser entregues nas agências da Caixa a partir do dia 5 de julho. “O volume de recursos para o próximo ano safra é 25% superior ao da safra 2016/ 2017”, disse a Caixa.

CAIXA VAI RETOMAR FINANCIAMENTO MAIS BARATO EM JULHO

03.07.2017













BRASÍLIA. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, afirmou nesta quinta-feira (29) que “nos próximos dias” a linha de crédito imobiliário com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, a Pró-cotista, será restabelecida. “Nos próximos dias está voltando”, disse Occhi, em entrevista na saída de evento no Palácio do Planalto em comemoração a um ano de vigência da nova Lei das Estatais.

A linha pró-cotista financia a compra de imóveis de até R$ 950 mil nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e de até R$ 800 mil nos outros Estados. É a linha de empréstimo habitacional mais barata depois do Minha Casa Minha Vida. O banco havia informado, na semana passada, sua suspensão, depois de ter interrompido novas contratações.

Segundo Occhi, a previsão é que haja um aporte adicional de cerca de R$ 2 bilhões para a linha. Ele disse que a liberação dos recursos depende apenas de um remanejamento de verba no Ministério das Cidades, e que acredita que em julho o instrumento poderá ser retomado. A “Folha de S. Paulo” apurou que o dinheiro virá de orçamento para obras de saneamento.

Questionado se esses recursos vão servir para garantir a manutenção da linha até o fim do ano, o presidente da Caixa disse que é preciso ver qual a demanda por crédito imobiliário que haverá quando da retomada da pró-cotista.

“O crédito imobiliário cresceu muito agora no primeiro semestre, impressionante. A gente achava que iria manter o patamar do ano passado, mas ele cresceu. É um sinal de recuperação da economia, mais confiança, mais gente comprando também”, avaliou.

Outra fonte. Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança totalizaram R$ 3,56 bilhões em maio, valor 8,6% menor que o registrado no mesmo mês do ano passado, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Em relação a abril, houve crescimento de 13,8%.

Crédito rural terá R$ 10 bilhões


SÃO PAULO. A Caixa Econômica Federal anunciou, em nota, que ofertará mais de R$ 10 bilhões em crédito rural para o ano-safra 2017/18, que começa neste sábado (1). O crédito será oferecido por meio de linhas com recursos obrigatórios, livres e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“A maior parte será direcionada para o custeio da produção”, disse o banco, acrescentando que as propostas poderão ser entregues nas agências da Caixa a partir do dia 5 de julho. “O volume de recursos para o próximo ano safra é 25% superior ao da safra 2016/ 2017”, disse a Caixa.

últimas notícias

NEWSLETTER

Receba informações sobre os eventos e iniciativas da ACIGABC em seu e-mail. Cadastre-se abaixo.