ACIGABC

Notícias

SEM FINANCIAMENTO, LOCAÇÃO CRESCE E VIRA DESTAQUE NO ABC

02.04.2018












O Grande ABC apresenta aumento nas locações de imóveis desde o final do ano passado. A suspensão dos financiamentos e a possibilidade de descontos são os principais motivos para que esse crescimento tenha acontecido.

De acordo com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Crecisp), a queda dos preços também influenciou a alta de imóveis alugados. As pessoas estão conseguindo valores menores nas negociações, aumentando assim essa demanda imobiliária.

No entanto, a última pesquisa de mercado do Crecisp mostrou que o movimento de locações caiu em todas as regiões do ABC. Em relação aos números de novembro do ano passado comparados com o mês de fevereiro de 2018, a queda foi de 10,19%.

Mesmo assim, o mercado considera que houve um aumento, porque a suspensão dos financiamentos dos bancos, principalmente da Caixa Econômica Federal, dificultou as vendas e aumentou a procura por aluguéis residenciais, principalmente por apartamentos. A locação acaba sendo uma boa saída para quem ainda não consegue se estabilizar financeiramente. “As famílias estão cada vez menores. Às vezes, é apenas o casal com no máximo dois filhos. Então, acaba sendo melhor procurar um apartamento para alugar. O investimento acaba sendo mais barato”, diz Rubens Rubervaldo, delegado da sub-região do ABC no Crecisp.

Para as construtoras, essa procura maior por locações não é o melhor negócio. “É melhor para as imobiliárias e para o mercado. Mas para as construtoras, o melhor cenário seria o aumento das vendas, porque gera mais construção de imóveis”, afirma Marcus Santaguita, presidente da Associação das Construtoras, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC (Acigabc).

Porém, a retomada das compras é esperada até o final do primeiro semestre de 2018. Os empregos estão crescendo aos poucos e, mesmo que não seja um boom como nos anos de 2010, 2011 e 2012, a situação parece ser melhor do que foi em 2015 e 2017. “O problema é que nos últimos tempos não tiveram muitos lançamentos de imóveis. Comprando na planta, as pessoas têm até três anos para dar a entrada. Quando se aumenta a estabilidade financeira, há um aumento nas vendas”, completa.

https://www.dci.com.br/dci-sp/sem-financiamento-locac-o-cresce-e-vira-destaque-no-abc-1.691565

últimas notícias

NEWSLETTER

Receba informações sobre os eventos e iniciativas da ACIGABC em seu e-mail. Cadastre-se abaixo.